sheet music

Antonio Carlos Jobim, Tom Jobim (sheet music in the #smlpdf)

Antonio Carlos Jobim, Tom Jobim (sheet music in the #smlpdf)

sheet music score download partitura partition spartiti 楽譜 Antonio Carlos Jobim, Tom Jobim (sheet music in the #smlpdf)

Best Sheet Music download from our Library.

Aebersold Antonio Carlos Jobim Vol 98 – Bossa Nova Songbook, including:

  1. Corcovado 7. How Insensitive
  2. Wave 8. The Girl From lpanema
  3. Jazz ‘N’Samba 9. Meditation
  4. 0 Grande Amor 10. Once I Loved
  5. Triste 11. Desafinado
  6. One Note Samba 12. No More Blues


Antonio Carlos Jobim Corcovado (Piano and vocal)
Antonio Carlos Jobim The Girl From Ipanema (Piano Solo) Garota De Ipanema
Antonio Carlos Jobim The Girl From Ipanema (Piano Vocal) Garota De Ipanema
Antonio Carlos Jobim Triste (Guitar Solo Arr. With Tabs Sheet Music)
Antonio Carlos Jobim – Aguas de Março – Tom Jobim Easy Piano Solo arr
Antonio Carlos Jobim – cancioneiro (piano lyrics songbook)
, incl.:

A Correnteza 6
A Felicidade 10
Águas de Março 14

  • Manuscrito Original 24
    Água de Beber 25
    Vivo Sonhando 29
    Two Kites 32
    Triste 40
    Se Todos Fossem Iguais a Você 43
    Saudade do Brasil 47
    Samba do Avião 53
    Samba de Uma Nota Só 57
    Samba de Maria Luíza 61
    Sabiá 63
    Retrato em Branco e Preto 68
    Querida 72
    Por Causa de Você 77
    Piano na Mangueira 80
    Passarim 83
    Modinha 89
    Meditação 91
    Matita Perê 94
    Luíza 106
    Ligia 110
    Insensatez 114
    Imagina – Valsa Sentimental 118
  • Sobre “Garota de Ipanema” 121
    Garota de Ipanema 122
    Gabriela 125
    Fotografia 135
    Falando de Amor 137
    Eu Sei Que Vou Te Amar 141
    Estrada do Sol 144
    Dindi 148
    Desafinado 151
  • Sobre “Corcovado” 157
    Corcovado 158
    Chovendo na Roseira 162
    Chega de Saudade 167
    Canta, Canta Mais 172
    Boto 177
    Bonita 189
    Anos Dourados 193
    Wave 199

Antonio Carlos JOBIM – For bossa nova all styles (Guitar Tabs), including:

corcovado 6
quiet nights of quiet stars
desafinado 50
slightly out of tune
how insensitive 12
insensatez
if you never come to me 18
inutil paisagem
meditation 24
medita<,ao
one note samba 32
samba de uma nota so
somewhere in the hills 38
o morro nao tern vez (favela)
the girl from ipanema 44
garota de ipanema
water to drink 59
agua de beber
wave 66
vou te contar
tablature & instructions explained 4


Antonio Carlos Jobim – TomJobim Cancioneiro Obras Completas, incl.:

Wave Vou te contar 28
Blusa vermelha The red blouse 32
Olha pro du Look to the sky 35
Batldlnha 39
Trlste 43
Mojave 46
Di81ogo Dialog 48
Lamento no morro 50
Antigua 55
Capitao Bacardi Captain Bacardi 58
Partituras Music scores Garota de lpanema 61
Tema jazz 67
SueAnn 70
Remembl!f 72
Tide 77
Takatanga 82
Canbe 85
Rockanalla 88
Tereza meu amor Tereza my love 92
Chovendo na roseira Double rainbow 95
Garoto Chore 100
Ouabra-pedra Stone flower 102
Olha Maria Amparo 107
Andorinha 112
Deus a o Diabo na terra do sol God and the Devil in the land of the sun 115
Sabia Song of the sabia 119
Poise 125


Antonio Carlos Jobim – Tom Jobim Cancioneiro Obras Selectas (partituras), incl.:

  1. Água de Beber 1
  2. Águas de Março 5
  3. Anos Dourados 15
  4. Bonita 21
  5. Boto 25
  6. Canta, Canta Mais 37
  7. Chega de Saudade 42
  8. Chovendo na Roseira 47
  9. Corcovado 52
  10. A Correnteza 56
  11. Desafinado 60
  12. Dindi 66
  13. Estrada do Sol 69
  14. Eu Sei que Vou te Amar 73
  15. Falando de Amor 76
  16. A Felicidade 80
  17. Fotografia 84
  18. Gabriela 86
  19. Garota de Ipanema 96
  20. The Girl from Ipanema 99
  21. Imagina (Valsa Sentimental) 102
  22. Insensatez 105
  23. Ligia 109
  24. Luiza 113
  25. Matita Perê 117
  26. Meditação 129
  27. Modinha 132
  28. Passarim 134
  29. Piano na Mangueira 140
  30. Por Causa de Você 143
  31. Querida 146
  32. Retrato em Preto e Branco 151
  33. Sabiá 155
  34. Samba de Maria Luiza 160
  35. Samba de Uma Nota Só 163
  36. Samba do Avião 166
  37. Saudade do Brasil 170
  38. Se Todos Fossem Iguais a Você 176
  39. Triste 180
  40. Two Kites 183
  41. Vivo Sonhando 191
  42. Wave 194


Antonio Carlos Jobim – Luiza Guitar Arr with Tablature
Antonio Carlos Jobim – One Note Samba (Guitar Arr.)
Antonio Carlos Jobim – One Note Samba (guitar TABS sheet music)
Antonio Carlos Jobim – One Note Samba (Guitar)
Antonio Carlos Jobim – Se Todos Fossem Iguais A Voce arr. by Baden Powell (Guitar arr. sheet music with TABs)
Antonio Carlos Jobim – Tom Jobim for Solo Guitar with TABs, including:

8 AGUA DE BEBER(WATER TO DRINK)
11 CH EGA DE SAUDADE
20 CORCOVADO (mJIET NIGHTS OF ®JET STARS)
16 DESAFINADO (SLIGHTLY OUT OF TUNE)
23 DINDI
30 FAVELA (0 MORRO NAO TEM VEZ)
26 A FEUCIDADE
33 THE GIRL FROM IPANEMA(GAROTA DE IPANEMA)
36 HOW INSENSITIVE (INSENSATEZ)
40 MEDITATION (MEDITACAO)
43 ONCE I LOVED (AMOR EM PAZ)
46 ONE NOTE SAMBA (SAMBA DE UMA NOTA SO)
49 SO DANCO SAMBA (JAZZ ‘N’ SAMBA)
52 TRISTE
56 VIVO SON HAN DO (DREAMER)
59 WAVE


Antonio Carlos Jobim 9 Pieces sheet music pdf
, incl.:

6 A1nparo
14 Cmninho de Pedra (Rocky Road)
19 Canta Mais (Sing More)
29 Corcovado (Quiet Nights of Quiet Stars)
36 Desafinado (Off-key)
47 Estrada Branca (This Happy Madness)
54 Modinha
57 Quebra Pedra (Stone Flower)
68 Sanzba de Un1a Nota So’ (One Note Samba)
78 Tablature Guide
GSP-

Antonio Carlos Jobim And Chico Buarque Eu Te Amo (Arr. For Guitar By Carles Trepat)
Antonio Carlos Jobim Anthology (Piano vocal and guitar), incl.:


AGUADE BEBER(WATER TO DRINK)
AGUAS DE MARÇO (WATERS OF MARCH)
ANOS DOURADOS (LOOKS LIKE DECEMBER)
DINO!
DON’T EVER GO AWAY (POR CA USA DE VOCE)
A FELICIDADE
THE GIRL FROM IPANEMA (GAROTA DE IPANEMA)
HOW INSENSITIVE (INSENSATEZ)
IF YOU NEVER COME TO ME (INUTIL PAI SAG EM)
MEDITATION (MEDITAÇAO)
0 GRANDE AMOR
0 MORRO NAO TEM VEZ (FAVEW (SOMEWHERE IN THE HILLS)
ONCE I LOVED (AMOR EM PAZ) (LOVE IN PEACE)
ONE NOTE SAMBA (SAMBA DE UMA NOTA SO)
PASSARIM
QUIET NIGHTS OF QUIET STARS (CORCOVADO)
SLIGHTLY OUT OF TUNE (DESAFINADO)
SONG OF THE SABIA(SABW
TRISTE
VIVO SONHANDO (DREAMER)
WAVE (YOU TE CONTARl
ZINGARO (RETRATO EM BRANCO E PRETO)
(AK.A. PICTURE IN BLACKAND WHITE)


Antonio Carlos Jobim for Classical Guitar (Paulo Bellinati, Mel Bay, 2008), incl.:

Estrada Branca
Bate-Boca
Luiza
Por Toda a Minha Vida
Antigua
Chora Cora~ao
Garoto (Choro)
Valsa do Porto das Caixas
A Felicidade
Surfboard


Antonio Carlos Jobim Jazz Piano solos Vol. 17 sheet music pdf, incl.:

ÁGUA DE BEBER (WATER TO DRINK) Astrud Gilberto, Antonio Carlos Jobim
ÁGUAS DE MARÇO (WATERS OF MARCH) Stan G etz, A ntonio Carlos Jobim
ANOS DOURADOS (LOOKS LIKE DECEMBER) Antonio Carlos Jobim, Joanne
Brackeen
BIM-BOM João G ilberto, S ergio M endes
CHEGA D E S AUDADE Stan G etz, Antonio Carlos Jobim
DINDI Astrud Gil b erto, Antonio Carlos Jobim
THE GIRL FROM IPANEMA (GARÔTA DE
IPANEMA)
Eliane Elias, Stan Getz
HOW INSENSITIVE (INSENSATEZ) Charlie Byrd, Astrud Gilberto
MEDITATION (MEDITACÃO) Charlie Byrd, João Gilberto
O G RANDE A MOR Fred H irsch, S tan G etz
ONCE I LOVED (AMOR EM PAZ) (LOVE I N PEACE) Astrud Gilberto, Antonio Carlos Jobim
ONE NOTE SAMBA (SAMBA DE UMA NOTA SO) Eliane Elias, Modern Jazz Quartet
QUIET NIGHTS OF QUIET STARS (CORCOVADO) Stan Getz, Antonio Carlos Jobim
SLIGHTLY OUT OF TUNE (DESAFINADO) Stan Getz, Antonio Carlos Jobim
SÓ D ANÇO S AMBA Stan G etz, A ntonio C arlos J obim
SAMBA D O A VIÃO Eliane E lias, C harlie B yrd
TRISTE Antonio C arlos J obim, C al T jader
VIVO SONHANDO (DREAMER) João Gilberto, Antonio Carlos Jobim
WAVE Charlie B yrd, E liane E lias
ZINGARO Eliane E lias, G eorge S hearing


Antonio Carlos Jobim Jazz Play-Along Volume 08 – with audio MP3, incl.:

01 Desafinado (Melody).mp3

03 The Girl From Ipanema (Melody).mp3

05 How Insensitive (Melody).mp3

07 Jazz N’ Samba (Melody).mp3

10 Meditation (Backgrounds).mp3

12 Once I Loved (Backgrounds).mp3

14 One Note Samba (Backgrounds).mp3

16 Quiet Nights Of Quiet Stars (Back.mp3

18 Triste (Backgrounds).mp3

20 Wave (Backgrounds).mp3


Antonio Carlos Jobim Wave (Piano Guitar), incl.:

Antigua
Batidinha
Captain Bacardi
Diolog (Dialogo)
Lamento
Look To The Sky
Mojave
Red Blouse, The
Triste
Wave


Jobim – One Note Samba (guitar chords and TABS)
Tom Jobim girl from ipanema
Tom Jobim Desafinado
Tom Jobim Ligia
Tom Jobim Samba Verao
Tom Jobim Sheet Music – Agua de Beber
Tom Jobim songbook 1 Guitar (by Almir Chediak), incl.:

A felicidade
A viofeira
Ai quern me dera
Ana Luiza
Angela
As praias desertas
Aula de matematica
Brigas nunca m
Cai a tarde
Caminho de ped
Caminhos cruzados
Chora cora~ao
Demais
Derradeira primavera
E preciso dizer adeus
Esquecendo voce
Eu nao ex
Eu preciso de voce
Eu te amo
Janelas abertas
Lamento oo morro
Ligia
Luciana
Luiza
0 grande amor
0 morro niio tern vez
0 nosso arnor
0 que tinha de ser
Olha Maria
Outra vez
Poise
Por toda a minha vida
Retrato em branco e preto
Samba torto
S6 em teus brac,:os
S6 saudade .
S6 tinba de ser com voce
Solidao
Sucedeu assim
Teresa da praia


Tom Jobim Songbook 2 Guitar (by Almir Chediak), incl.:

Aguas de março Waters of March
Anos dourados Looks like December
Bebel
Borzeguim
Cançao do amor dernais
Cançao em modo men or
Canta, canta mais
Chansong
Chega de audade
Discussao
Estrada do sol/La caminera
Eu sei que vou te amar
Falando de amor
Frevo de Orfeu
Gabriela
Imagina
Isto eu nao faço nao
Meninos, eu vi
Modinha
0 que e que vai ser de mim
Pato preto
Praia branca
Samba de uma nota s6 One note samba
Se e por falta de adeus
Sem voce
Surf board
Triste Triste
Two kites
Voce vai ver
Wave Wave


Tom Jobim Songbook 3 Guitar (by Almir Chediak), incl.:

Agua de beber Water to drink
Amor em paz Once I loved
Andam dizendo
Bonita
Chovendo na roseira Double rainbow

Corcovado Quiet night of quier stars
Correnteza
Desafinado
Dindi Dindi
Ela e carioca She’s carioca
Espelho das aguas
Esperança perdida l was just one more for you
Este seu olhar
Estrada branca This happy madness
Foi a noite
Fotografia Photograph
Garota de Ipanema The girl from Ipanema
Insensatez How insensitive
Inutil paisagem Useless landscape

Maria e dia
Meditaçao
Olha Maria
Olha pro ceu
Passarim Passarim
Por causa de voce Don’t ever go away
Sabiá

Samba do aviao
Se todos fossem iguais a voce Someone to light up my life
So danço samba

Soneto de separaçao

Vivo sonhando


Tom Jobim Triste
Tom Jobim Vivo Sonhando

sheet music score download partitura partition spartiti 楽譜 Antonio Carlos Jobim, Tom Jobim (sheet music in the #smlpdf)

Please, subscribe to our Library. Thank you!

Tom Jobim – As melhores

Tracklist:

0:00 Felicidade 3:26 A Vida Tem Sempre Razão 5:58 Água de Beber 8:24 Águas de Março 11:58 Brazil 19:17 Brigas Nunca Mais 21:00 Caminhos Cruzados 25:31 Chega de Saudade 29:24 Copacabana 32:05 Corcovado 36:17 Desafinado 40:26 Ela É Carioca 43:02 Este Seu Olhar 45:37 Eu Não Existo Sem Você 49:40 Falando de Amor

53:29 Favela 56:04 Fotografia 58:14 Garota de Ipanema 1:02:17 Insensatez 1:06:17 Lamento No Morro 1:10:24 Ligia 1:14:40 Luiza 1:17:12 Meditaçao 1:21:42 Passarim 1:25:21 Pela Luz Dos Olhos Teus 1:28:05 Querida 1:31:37 Samba De Uma Nota Só 1:34:38 Samba Do Avião 1:36:50 Samba Do Soho 1:39:50 Só Tinha De Ser Com Vocé 1:42:19 Três Apitos 1:46:21 Vivo Sonhando 1:49:14 Você Vai Ver 1:52:10 Wave

Tom Jobim (short bio)

Tom Jobim não teve a vida fácil que se quer imaginar, naqueles que são vencedores. Foi difícil para ele ser profeta em sua própria terra, assim como foi difícil para ele deixar para trás os traumas da infância e fazer seu caminho através das águas do competitivo universo musical, onde muitas vezes acontece que interesses particulares e comerciais importam mais do que a originalidade do talento. “Eu vivo me justificando com coisas que nunca disse”, disse ele em mais de uma ocasião.

Há enigmas que permanecem por anos. Histórias familiares desconhecidas, medos e inseguranças que talvez ele só tenha começado a exorcizar aos 15 ou 16 anos de idade, sobre o teclado de piano vertical que comprou para a escola, cujo diretor era sua mãe Nilza.Tom Jobim nasceu na Tijuca, no norte do Rio de Janeiro, em 25 de janeiro de 1927. “A verdade é que eu deveria ter vindo ao mundo em Copacabana, mas os aluguéis eram muito caros”. “Além disso, naquela época meus pais tinham problemas financeiros, então eles se mudaram para a Tijuca.

Na década de 1920, Copacabana era um terreno baldio, Ipanema não existia e os aluguéis na Tijuca estavam longe de ser acessíveis. Ao menos não deve ter sido a bela residência do Conde de Bonfim, onde os Jobims se estabeleceram. “Minhas lembranças de infância são de praias limpas e céus azuis”, disse ele mais de uma vez. Uma infância livre, talvez, mas não uma infância feliz. Tom Jobim tinha três anos de idade quando seus pais se separaram. Ele e sua irmã Helena ficaram com sua mãe, que logo se lembra de Tom Jobim como “o único pai que eu conheci”.

A história ou o enigma familiar, entretanto, não se refere nem ao divórcio nem ao segundo casamento materno com Celso Frota Pêssoa. Tem a ver com a morte de Jorge de Oliveira Jobim em uma clínica para doentes mentais em 1935. “Eu pensava que meu pai tinha cometido suicídio”, ele se lembraria muitos anos mais tarde, “isso significava para a criança que eu era, que ele teria que me matar também”. Pouco depois ele descobriu o piano: “Fiquei fascinado ao descobrir que ao tocar eu poderia harmonizar os sons

Tom Jobim nunca aceitou plenamente sua participação nesta revolução musical. “O meu foi um acidente”, disse ele, “um acidente, eu não o fiz, não é minha culpa”. Ele não tentou se diferenciar do movimento, ao contrário, agiu com modéstia, um bem depreciado nestes tempos de dificuldades e carreiras atrás da fama fácil, se não pitoresca. Por trás de seus sucessos e da facilidade com que ele os compôs, há um intelectual e um compositor que domina a técnica de seu ofício e reflete sobre as coisas que acontecem no mundo. Seu último período, após seu segundo casamento, é de profunda dedicação aos temas centrais do esforço contemporâneo, especialmente no Brasil. Isto é: o futuro das áreas virgens do planeta e o papel do homem como criatura da natureza e um fator de depredação.

Sua morte inesperada, uma falha cardíaca após uma cirurgia, deixou esta parte de seu trabalho inacabada. Ele representa o que há de especial na MPB – o compromisso dos artistas com seu tempo. Que é o compromisso deles com eles mesmos. Será difícil esquecer. em um teclado preto e branco”. Preto e branco: o destino da expressão artística de seu país. Mas os jogos logo se tornaram um estúdio, primeiro com a pianista Lucia Branco e depois, em 1941, com Koellreuter, um músico alemão. “Mesmo os compositores americanos não são minhas influências. Estes são, chopin, Ravel, Debussy”…

Suave por fora, rápido por dentro, o jovem António Carlos Jobim tinha decidido, já aos 18 anos, tornar-se um músico profissional. Para fazer seu caminho, em 1946, o encontramos brincando nos boites do Rio de Janeiro, enquanto suas aulas na escola de arquitetura estavam entrando num limbo do qual nunca saíram.

“Minha mãe alegou que os músicos da noite acabam pobres, bêbados e na rua. Mas meu padrasto me apoiou, e eu pude continuar. Lançado na vida aleatória, ele não hesitou em cometer outra “loucura”. Aos 22 anos, em 1949, Tom Jobim casou-se com sua namorada Teresa, com quem tiveram dois filhos. Ele resolveu seus desafios diários como orquestrador no selo Continental, e seus desafios criativos ao compor com Newton Mendonça e Billy Blanco. A vida não foi fácil, embora ele tenha conseguido gravar um álbum e colocar uma de suas criações, Teresa da Praia, entre os sucessos da rádio naqueles dias sem televisão.

Tudo começou em um bar.

Em um bar, o crítico musical Lucio Rangel apresenta dois homens que deveriam fazer história. Vinícius de Moraes e Tom Jobim tinham se visto e talvez conversado em noites boêmias, mas a amizade começou então. De Moraes precisava de um compositor para os textos de seu Orfeu da Conceição – tradução do mito grego para as colinas cariocas, e Rangel acreditava que ele era o homem certo para colocá-los ao som da música. “E haverá dinheirinho para fazer isso?” foi a pergunta do compositor.

Rangel e o poeta ficaram chocados: era uma questão rústica, indigna da proposta. Somente ali estava ele, com sua cerveja barata, na frente de dois senhores que falavam de arte, agitando o gelo de seus respectivos uísques. A peça, porém, estreou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em 25 de setembro de 1956. Foi o começo de uma longa, frutífera e transcendente associação. Em 1958, Elizabeth Cardoso gravou “Canción do Amor Demais” e a dupla foi estabelecida como a grande modernizadora da música urbana brasileira, e agente da renovação do jazz e de outros gêneros internacionais. Tom Jobim tornou-se o novo grande compositor nacional: ele escreveu sua sinfonia dedicada a Brasília a pedido do governo e deu um concerto no Carnegie Hall em Nova York, quase forçado pelo Ministério das Relações Exteriores. A Palma de Ouro de Cannes e, o Oscar americano recebido por Orfeo Negro – baseado no Orfeu da Conceiça- interpretado por Marcel Camus e cuja trilha sonora incluía sua “A Felicidade“, juntamente com os convites para tocar e gravar nos Estados Unidos, o projetaram no mundo. Então Tom Jobim receberia o famoso telefonema de Frank Sinatra e veria seu nome ligado ao nascimento da Bossa Nova.

Durante muito tempo, seus colegas brasileiros o olharam com desconfiança. Sua carreira nos Estados Unidos foi muito bem sucedida, despertou suspeitas. Raramente essa desconfiança e suspeita foi menos fundamentada e pior exposta. “Esquecer seu país” é uma reprovação que Tom Jobim não merecia. Isso aconteceu nos 20 anos entre aproximadamente 1970 e 1990, um processo que seus contemporâneos não compreenderam ou não aceitaram plenamente. Ele não retardou seu trabalho: compôs para si e para os outros, para o cinema, tornou possível o lançamento de novos intérpretes e compositores, escreveu letras, poemas, canções, viajou, recebeu homenagens, tornou-se um mito e um arquétipo. Ele também voltou a se casar com uma mulher muito jovem, foi terminado como compositor e considerado entre os melhores de sua já longa carreira. Quanto mais seu físico desmaiava, mais jovem ficava sua mente.

Seus últimos anos o encontraram lutando muito para defender a natureza e a integridade de seu país: “Destruir a natureza e oprimir as mulheres são uma constante na vida dos homens”, disse ele. E ele também disse: “O país que me inspirou não existe mais: tinha paz, amor, meninas bonitas e agora se preocupa em ter a bomba atômica”. O sofisticado autor da complexa simplicidade de La Garota de Ipanema tornou-se um filósofo profundo sem perder a simplicidade. “A vida é boa” – outra de suas frases – É o homem que acaba complicando a situação”. Ele morreu em Nova York, iluminado pelas simples verdades que acumulou ao longo do caminho. “Sei que vou morrer um dia, mas também sei que a música vai sobreviver.

TOM JOBIM disse:

“…o Brasil teve sorte… desde a época da colonização portuguesa, nosso país foi invadido por influências estrangeiras. Pela primeira vez, através da Bossa Nova, fomos capazes de influenciar alguém”.

“…Minha vida era um pouco sinistra. Meu pai morreu quando eu fiz oito anos. Mas ele já tinha saído de casa quando eu era um. Um dia um velho piano alugado voltou para casa. Então comecei a tocar. Mais tarde toquei Beethoven, Mozart, Bach, Villalobos. Os espanhóis também, é claro: Granados, Albeniz… e também a escola francesa que me influenciou muito: Ravel e especialmente Debussy”.

Algumas citações (8 de dezembro de 1994)

“Acho que é a maior perda da cultura brasileira neste século, fez mais do que ninguém pelo Brasil, pelo belo Brasil, pelo Brasil sofisticado, pelo Brasil elegante, pela nobreza do Brasil, que é a música de Tom Jobim, mais do que Pelé, do que Ayrton Senna, do que Heitor Villa Lobos……”

Nelson Motta

“Tom Jobim era uma figura paternal, um modelo admirado para mim”…

Sting

“O Brasil mudou, o Brasil é antes e depois da música de Tom Jobim”…

Beth Carvalho

“Perdemos o maior músico do Brasil…”

Milton Nascimento

“Estou profundamente chocado e triste com a morte de meu amigo Tom Jobim”. Minha experiência musical com ele foi tão gratificante e criativa quanto as muitas horas que passamos conversando e refletindo à noite. O mundo perdeu um de seus músicos mais talentosos e eu perdi um amigo maravilhoso”…

Frank Sinatra

“Tenho tantas lembranças maravilhosas da época em que trabalhei com Tom que é difícil escolher por onde começar, tive um programa que gravamos juntos para a TV, super premiado…, fazer um álbum com ele, foi uma das coisas mais emocionantes da minha vida, gravar aquelas canções maravilhosas de Tom Jobim. Eu gostaria que Tom Jobim saísse em turnê e se sentasse ao piano e escrevesse mais, porque sem sua música, as pessoas estão a meio caminho de cantar”…

Frank Sinatra

“Acredito que este atual estado espiritual é um estado que se estende a todos os músicos e a toda uma nação”. Esta súbita notícia de hoje nos deixa completamente devastados sem saber como fazer, como continuar a vida a partir daqui, sem nosso mestre”…

João Bosco

Acredito estar plantando sementes de criatividade, o gênio que se espalhou pelo Brasil. Os compositores, músicos e arranjadores que seguem seu exemplo, tornam a música muito forte, muito bonita e muito criativa.

Fernando Brant

Felizmente, sua música está lá. Está em nossos corações, em nossas memórias”…Um cantinho, O violão, esse amor uma canção, pra fazer feliz a quem se ama…” isto será sempre, e neste sentido sua música transcende nossa vida, sua vida, nossa morte, sua morte…

Gilberto Gil

“Tom Jobim ocupa um lugar vital no corpo da música brasileira…” “por mais irônica que seja a solenidade de sua posição, é claro que tudo passa por ele…

Caetano Veloso

“Ele fez através de sua música, um Brasil bem conhecido e respeitado…”

Airto Moreira

“O brasileiro Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, um dos mais brasileiros que eu conheci. Eu conhecia dois: meu pai e ele”…

Dori Caymmi 

Nunca vi Tom Jobim, lamentando uma “Paixão”, ou um abandono ou a perda de uma mulher amada, eu nunca vi. Ele sempre guardou muito disso para si mesmo, que era sua fascinante capacidade de traduzir seus sentimentos em arte, em canção, em música”…

Hugo Carvana